Império VorteX RPG

Império VorteX RPG

Seguidores

quinta-feira, 1 de março de 2018

League of Legends 3D&T Alpha - Rework

Pra quem acompanha o Blog (não vou tocar nesse assunto de novo, já ta meio enjoativo falar que "quase ninguém", certo?) é uma das matérias que mais chama atenção (mentira. Na verdade nem aparece nos top 5 do blog, ironicamente, com Hora de Aventura e Naruto na liderança). Mas toda vez que lanço sempre tem um pico de visualizações então não pode tirar o mérito.
Duas coisas que melhoraram muito a forma de como vejo o mundo do league atualmente: Os personagens, em termos de lore, não são equilibrados e parar de querer adaptar 100% a questão mecânica do jogo. Os mecanismos são sistemas de equilíbrio interno do jogo e não devem ser compreendidos como uma capacidade real do personagem. Algumas também ficam muito inadequadas pro 3D&T.

Sem mais delongas, disponibilizo o Rework de 12 personagens (de novo começar de baixo...) no Link abaixo ou na figura da Poppy (S2). A médio prazo devo evoluir esse numero, mas é mais pra ter uma noção de como andam as coisas. Particularmente achei que deu pra incorporar dessa vez o espirito dos heróis, ao invés de apenas dados numéricos que faziam um pouco de sentido, então em termos gerais estou bem feliz com esse rework. Quando terminar os da escala Nigen devo passar pros Sugoi e assim por diante. Ainda não tenho total certeza se a padronização de 12 pontos vai ser mantida.

Obs: Entre o material do dia 1 e 2, modifiquei a ficha de Fiora, colocando algumas habilidades que ficariam mais fiéis em relação ao seu kit base.

Artes retiradas da Deviant Art de Hyldenia e do site do League of Legends

sábado, 10 de fevereiro de 2018

Blog RPGISTA anuncia concurso de criação de Cenários 3D&T Alpha


O Site RPGISTA está promovendo o Concurso Alphaversos de Criação de Cenários 3D&T Alpha (link aqui).

Os temas foram definidos dia 9 e são:

  • Distopia
  • Disputa de Território
  • Construtos
  • Sobrevivência
  • Traição
  • Japão Feudal
Deve ser escolhido 3 desses 6 temas para o cenário. A premiação ja foi definida também:

1º Lugar: Livros digitais (PDF): Manual do Defensor + Tormenta Alpha
2º Lugar (PDF)Manual do Defensor

As premiações podem ser negociadas com o vencedor baseadas no preço. As inscrições podem ser feitas pelo site até o dia 14, seguindo as instruções do mesmo.
Mais informações sobre os temas, premiações, postagem do material e outros assuntos você pode visualizar aqui.

A imagem tirada na abertura foi editada pelo site RPGISTA e pertence a Jambô Editora.

domingo, 4 de fevereiro de 2018

Nota: Atualização do League of Legends (3D&T Alpha)

Bom gente. Estamos de volta com uma das matérias que mais chamaram a atenção do publico do blog (falo assim como se tivesse tanta gente assim...). Mas agradeço a todos! A maioria dos seguidores são conhecidos, de uma época que estava mais ativo no blog (fazendo aqueles convites nada insistentes!). 
Em 3D&T Alpha, depois do lançamento do Manual do Aventureiro, os Kits estão incorporados aos elementos do jogo (antes eram mais um recurso pros jogadores de nível baixo terem maior chance de sobrevivência, pra aqueles que conhecem 3D&T desde as primeiras versões.
Eu vou (ser obrigado a) fazer um remodelamento total das fichas de League of Legends (dor de cabeça!). Depois de um tempo jogando e pesquisando percebi que alguns personagens simplesmente não tem capacidade de competirem entre si. Muitos são agentes comuns, outros são pessoas extraordinárias, mas  alguns são criaturas gigantescas, alem de representantes de verdadeiras forças da natureza (estamos falando de vocês mesmo, Kindred!) e alguns deuses e entidades cósmicas.
A vantagem disso é que vou, pelo menos a principio poder me focar nos mais mundanos (a não ser que alguém se arrisque a botar Aurelion Sol, Cho' Gath ou os Kindred na campanha como jogadores).
Outra sorte que tive é que a maioria dos remodelamentos de personagem que precisava-se até o momento ja ocorreu (a season 7 e a atual 8 ja deve ter tido uns 20 remodelamentos...)  de forma que a matéria não deve ficar tão desatualizada  a médio prazo.
Deve sair em breve pelo menos 20 ou 30 fichas de personagem. Aguardem.
Pra quem quer ter uma noção maior do que falo, sugiro os vídeos da I.P. Produções, que fala muito sobre lores de personagens e monta algumas referencias interessantes:
A Verdadeira Altura dos Personagens de League of Legends
Top 10 Personagens mais Fortes Baseados na Lore

sexta-feira, 2 de fevereiro de 2018

MMO Alternative Reality

Vou continuar com os tópicos relacionados a minhas mesas, que vão ser uteis quando migrar de plataforma. Vou apresentar aqui a MMO Alternative Reality. E antes que alguém pergunte: Não tenho mesa hentai. Na verdade apenas não concordo com a censura arbitraria imposta apenas pra diminuir os temores dos puritanos, que acha que jogadores de RPG são criminosos só por narrarem cenas imaginarias com tema de crime (onde ja vi isso antes? É como os leigos pensam de nós, jogadores de RPG!)
Se não entenderem muito bem o que estou falando, sugiro lerem a materia RPG, Parcialidade e Moralismo Imaginativo do blog.
Continuando a falar da mesa, pra quem conhece sabe o que significa MMO. O significado é Multi Massive Online, normalmente plataformas usadas pra sustentar muitos jogadores enquanto exploram um mundo fictício online. Não chega a ser multi massiva minhas mesas, mas aborda a ideia do jogador estar conectado num desses jogos, o que permite o próprio jogador atuar brevemente na aventura. Apesar disso o jogo ocorre de maneira normal, sendo o personagem interpretado.
Nesse jogo os jogadores terão um certo papel, podendo fazer o personagem "quebrar a quarta parede" e atuar para os outros jogadores e observadores. Nesses momentos o personagem só vai ser um avatar, nem mesmo lembrando das coisas que falou ou ouviu.
Ha também NPCs que tem capacidade de interagir "em off", os chamados NPC Oniscientes, ou NPC-On. Não são todos na verdade, apenas um pequeno grupo são capazes de lidar com ações "fora do jogo" (como disse, em certos aspectos o jogador tem interação com uma parte da aventura).
A questão da realidade alternativa é possibilidade de usar vários cenários. Se possivel até aproveitando a mesma mentalidade do personagem e imagens (estilo Tenchi Muyo ou os quadrinhos ocidentais). Por enquanto os temas disponíveis são Fantasia Medieval (Tormenta) e Mecha Espacial (Brigada Ligeira Estelar), mas pretendo abrir possivelmente algum cenário one shot ocasionalmente.
Como o tema é MMO tenho regras especiais pra Lag (latência), DC (desconexão) entre outras coisas que podem acontecer no meio de uma sessão online e que ajudam bastante quando acontecem imprevistos na mesa.
Como alguns ja podem ter suspeitado, a mesa usa o sistema 3D&T Alpha, e suplementos relacionados com os cenários.

quinta-feira, 1 de fevereiro de 2018

RPG, Parcialidade e Moralismo Imaginativo

 Dia 29/01/18 foi um dia triste na historia do RPG, e infelizmente não deve ser o ultimo. Uma ferramenta de RPG, RRPG, e seu administrador decidiu atuar de maneira parcial contra um tema que estava sendo considerado favorito no momento, criando uma lei que dificulta bastante a forma que essas mesas são conduzidas. 
O problema começou quando jogadores "puritanos" decidiram se juntar apenas para sabotar (entrar para xingar os que jogavam lá, em geral, atrapalhando a mesma) uma segunda mesa se auto-declarando inimigos (Anti) dela. Os motivos iniciais eram totalmente arbitrários, a maioria apenas não gostava do tema. Quando os administradores vieram, acabaram se focando em apenas um tema que seria de alguma precedência, mas não justifica o ato em sí (que poderia ter sido resolvido de outras formas mais ordeiras se achassem que o assunto seria realmente relevante).
No final houve mudanças da lei impostas, mas isso não era o problema e sim com a forma que lidaram com o assunto após isso: Havia muita gente elogiando, muita gente criticando e algumas pessoas que apenas queriam que o assunto mudasse para algo mais leve. Como consequência disso, apenas como uma forma de jogar a sujeira pra debaixo do tapete, os administradores, resolveram coibir aqueles que mantinham sua avaliação sobre o assunto, mas apenas de um lado. Enquanto aqueles que elogiavam o ato, e tratavam o outro lado como "criminosos", "lixo" ou "doentes" podiam falar normalmente, quem criticava ou falava sobre as consequências da decisão, comparando com a visão que os leigos tinham em relação ao jogo, como se processo imaginativo pudesse gerar algo perigoso, eram expulsos.
Ser avaliado e criticado pela forma que usa a imaginação é um precedente perigosíssimo. Muitos autores como Marcelo Cassaro "Paladino" e Marcelo Del debbio ja falaram, na época que jogadores estavam sendo criticados por jogar com coisas alternativas como estudantes da novela Rebeldes, sobre os perigos dos puritanos jogadores de RPG de avaliarem qual seria o "modo certo" de jogar, ou quais seriam os perigos aplicados a associação do processo imaginário com uma montagem de perfil  real da pessoa. Ironicamente as pessoas que jogavam nessas mesas, colegial, avisaram que jogadores há 2 ano atrás  haviam sido coibidos e sabotados por outros jogadores "puritanos".
Se você interpreta que o necromante está em um altar enquanto a vitima indefesa está acorrentada, amordaçada e seminua, sua personalidade está de alguma forma ligada a aquele ato? Se você interpreta um assassino de elite e mata os dois guardas do portão com um único deslizar de facas sem um pingo de remorso então? Ou um guerreiro orc entrando na casa de um camponês e estuprando sua companheira sem pudor? Até mesmo aquela clássica luta invadindo a aldeia orc, cortando, explodindo atirando flechas em tudo que se movem, só se preocupando com a pilhagem e evolução do personagem (xp)?
Chegando no assunto em sí, que tem o categoria 18+, vou falar que o sistema tem um mecanismo pra avisar que sua mesa tem essa característica, então ninguém entra nessa situação desavisado. O objeto de ódio em sí é mesas Hentai. Pra quem já conhece o mundo das mesas virtuais isso não é novidade pra ninguém. A mecânica não fica muito diferente de uma call erótica (tipo sexo virtual), mas com background, contexto, escolha de personagens, entre outros. Dentro do contexto existe uma mesa bem popular chamada "Hentai,venha se divertir e gozar da vida" (01/02/2018). Como ela se mantem no Top 1 das buscas, um grupo de baderneiros auxiliados por alguns elitistas criaram uma "mesa rival" (uma mesa sem objetivo nenhum, a não ser causar problema para a mesa inimiga) e outros baderneiros compraram a ideia tornando a mesa bem significativa no momento. Eles atuavam entrando na mesa inimiga só pra pra ficar bagunçando e xingando os presentes até serem banidos, coisa que deixava a sessão completamente voltada pra controlar o problema.
A chegada dos administradores não me é de conhecida ao todo. Na mesa Hentai tive noticias de que foi amistosa, apesar de estarem irritados com o problema em sí. Pra resolver esse problema foi criado novas regras, apenas para combater uma categoria especifica dentro desse tema: os rpgs com tema Hentai Lolis (uma desculpa esfarrapada criada enquanto seguia o problema).
Com as regras impostas não havia sido o fim dos problemas. Com a dualidade imperando na comunidade, os administradores cogitaram punir aqueles que mantinham o assunto. Infelizmente na pratica só puniam uma das partes, quem achava a punição excessiva e abria precedentes para mais punições atuarem, cerceando a liberdade imaginativa, alem de abrir precedentes para outras limitações arbitrarias. Os outros que chamavam os jogadores de "doentes mentais" e/ou "criminosos em potenciais" devido a forma como jogavam, não tinham nenhuma reprisaria e comentários desse tipo choviam em cada matéria. Alem disso os baderneiros também ficaram impunes. Então todo o processo que ocorre atualmente não está passando de um "cala a boca" ao invés de haver uma analise mais racional do assunto.
Eu mesmo fui expulso do canal do RRPG no facebook, sem um pingo de remorso do que fiz, sei que o caminho que se segue tem um precedente pra tornar a censura mais grave para outros tipos de mesa (como ja está sendo).
Mesmo hoje, 01/02/2018, ainda tem alguns "heróis da inquisição" entrando, xingando e gerando problema para a mesma e nenhum administrador parece sequer ligar pro evento.